[21h30] Minuto-a-minuto do Ato Contra o Aumento (Terminado)

Por http://sarcastico.com.br e  y. – Frente de Luta pelo Transporte Público

[21h30] Próximas atividades:

* Sexta-feira: Festa Contra o Aumento às 22h na UFSC.

* Sábado: REUNIÃO – 13h30 no DCE da UFSC. Pauta: Atividades da próxima semana!

TODO MUNDO CONVOCADO!

[21h15] Manifestação terminada. Entretanto, agora, na saída, manifestantes estão em conflito com a Polícia Tática (PPT) dentro do TICEN. A repressão está agindo.

[21h] Manifestantes vão dispersando aos poucos.  Em assembléia, manifestantes prometem ficar na rua até tarifa cair. Mais manifestações na semana que vem! Passagem nas escolas e nas comunidades será organizada para convocar a população toda!

[20h46] Manifestantes voltam para frente do Terminal do Centro. Agora está rolando uma assembléia.

[20h35] Em frente à prefeitura, na Tenente Silveira, é encenado o teatro do enterro do transporte privado (aquele que eles insistem em dizer que é público), aos gritos de “Puta que pariu! É a maior tarifa do Brasil!”

[20h13] Manifestação se encontra em frente à prefeitura municipal. Todo mundo direto pra lá!



[19h50] A situação está tranquila. Calcula-se entre 3.000 à 4.000 pessoas no momento. A manifestação segue o curso entrando pela Anita Garibaldi, fazendo a Câmara e os Vereadores tremerem.

[19h30] Manifestantes afirmam que não querem confronto e seguem para a prefeitura.

[19h15] Momento de tensão: tropa de choque aparece. Um pequeno conflito ocorreu na tentativa de ir para a Av. Hercílio Luz e depois ao tentar ocupar as duas pistas da Av. Mauro Ramos. A manifestação está parada. Existem entre 5.000 à 6.000 manifestantes. O MOVIMENTO É LEGÍTIMO!

[19h10] Manifestação segue pela Mauro Ramos e a polícia avisa: depois da Av. Hercílio Luz, não há negociação. Novamente a polícia ameaça de reprimir manifestações pacíficas. A ordem deles é clara: manifestantes não podem ir para a Beira-mar, nem para Ponte.


[19h] Após vaias e gritos em frente à ALESC (Assembléia Legislativa do Estado de Santa Catarina), manifestantes seguem pela Av. Mauro Ramos com a polícia cercando o tempo inteiro.

[18h35] O ato segue em frente a Assembléia Legislativa.

[18h25] Manifestação inicia sua movimentação pela cidade e segue em direção à ponte, entretanto, com a polícia ditando o caminho, não conseguiram chegar até lá.

[18h15] Cerca de 2.500 manifestantes se encontram na praça em frente ao TICEN, cantando músicas de protesto e gritos de ordem. A aglomeração continua crescendo. Tanto de manifestantes, quanto da polícia. Fontes do governo afirmam que existem cerca de 550 policiais. Nisso inclui cavalaria, carros e caminhões.

[17h20] Inicia a algomeração no Centro.  Cerca de 300 pessoas se encontram no local e a tendência é o crescimento desse número a cada minuto que passa.

A polícia militar se encontra em frente ao TICEN.

Helicóptero da policia sobrevoou os manifestantes.

Esta entrada foi publicada em Uncategorized e marcada com a tag , , , , , , , , , , , . Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Uma resposta a [21h30] Minuto-a-minuto do Ato Contra o Aumento (Terminado)

  1. Bruno disse:

    Sempre achei que a polícia tinha mais o que fazer do que reprimir pessoas que lutam por seus direitos.
    O que é que a TROPA DE CHOQUE e a CAVALARIA faziam lá, enquanto tem bandidos nas ruas?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *